Flow, o livro

Flow é um estado de consciência e foco que destrava alta produtividade, qualidade e envolvimento naquilo a que estamos nos dedicando. Depois de ler diversos livros e artigos que citavam o livro com este nome (Flow, de Mihaly Csikszentmihalyi) resolvi beber da fonte e ler o tal livro. Como o tema cai no espectro do intangível do imaterial, esperava um livro bastante alternativo e um pouco viajante. 

Foi uma grande surpresa encontrar um livro bastante prático ao mesmo tempo altamente relevante, potencialmente “life changing” para muitos. 

Ele é prático ao apresentar 8 características do estado de Flow, identificadas através de anos de pesquisa, mas que podemos aplicar para atingí-lo. Para ficar ainda mais prático, fiz um pequeno exercício de traduzir qual a lição que tiro para aplicar em nossas vidas na busca de um estado de flow:

1- Clareza de objetivos e recompensa e do feedback imediato sobre o progresso para estes objetivos – Aqueles que atingem o estado de Flow estão buscando um objetivo, uma meta. Mais do que isso, são capazes de identificar a cada segundo (ou fração de segundo, no caso de atletas de alta performance, ou cirurgiões) se estão indo bem na busca pelo seus objetivos, tendo como feedback os resultados imediatos de suas ações. Um atleta sabe reconhecer quando está no seu pico de performance, um cirurgião quando a cirurgia está indo bem, um artista ou escritor se sua obra está boa ou ruim.

Lição 1: Antes de começar, pensar nos objetivos da atividade a que vai se dedicar. Escrever-lo pode ajudar a deixar palpável e explícito.

2- Equilíbrio entre o nível de desafio e suas competências para encará-lo – Talvez um dos pontos mais cruciais para acertar. Para se engajar em uma experiência imersiva e motivadora, é necessário que ela seja desafiadora. Pouco desafio gera tédio e desafio demais, ansiedade, sentimento de incapacidade. A dose certa de desafio para suas competências é o segredo para uma motivação que engaje. 

Lição 2: Escolher o desafio adequado. Se a tarefa é simples ou fácil, torne-a mais desafiadora, se dê um desafio de performance, ou de qualidade, ou de tempo. Se é desafiadora demais, quebre em partes menos desafiadoras.


3- Fusão entre ação e consciência – O que descreve a atenção plena da consciência às ações, muito ligada à concentração focada.

Lição 3: Concentre-se na atividade, sem se castigar quando outros pensamentos estiverem atrapalhando a concentração, deixe-os irem embora e volte a focar. 

4- Concentração Focada – Para o estado de Flow, não pode haver distrações. Um grande desafio nos dias de hoje se não tentarmos controlá-las deliberadamente. Se quiser mergulhar em Flow, é necessário “desligar” as distrações para poder focar!

Lição 4: Prepare-se para dizer não a outras distrações. Ponha o telefone no silencioso, desligue outros alertas sonoros, tranque a porta se necessário ou saia para um lugar mais tranquilo e livre de interrupções.

5- Sentimento de controle – Com o nível adequado de desafio para suas competências, em flow é possível se sentir no controle da situação. Atuando sobre os feedbacks em tempo real de forma a conduzir a atividade em direção ao objetivo.

Lição 5: Se o desafio está bem calibrado, aqui vejo um simples exercício de se permitir. Se permitir enxergar-se no controle e exercê-lo. Não parece muito prático, mas tente se lembrar disso e fará diferença.

6- Perda de auto-consciência – Um conceito importante. Como uma consequência da fusão entre ação e consciência, o sujeito em Flow perde a auto-consciência. Ele(a) é o que está fazendo e se dedica à atividade, sem se preocupar com ego, sem “jogar para o público”. 

Lição 6: Não jogar para o público. Esqueça a opinião dos outros. Jogue pelo jogo, pela jogada perfeita, não pelos aplausos.

7- Distorção da noção de tempo – Ao fazer algo profundamente imerso e concentrado, perde-se a noção do tempo, segundos podem parecer horas ou horas podem parecer poucos minutos. Um escritor imerso em sua obra muitas vezes não vê o dia passar e quando percebe já é noite.

Lição 7: Separe tempo. A grande frustração se você conseguir entrar em Flow pode ser precisar parar no meio! 

8- A experiência se torna recompensadora por si só – O prazer da experiência se torna maior do que o prazer de atingir o objetivo. Um escalador sente tanto prazer na escalada que ao chegar ao topo, apesar da sensação de êxtase, desejava que a escalada durasse para sempre! 

Lição 8: Aproveite, de verdade, perceba o prazer em fazer o que está fazendo, isso cria um círculo virtuoso que só reforça o flow.

Durante o restante do livro, Mihaly Csikszentmihalyi nos conduz a perceber como podemos aplicar estes pilares em dimensões cada vez maiores. Ao longo de um dia, focando e tendo prazer e desafio em cada atividade, evitando distrações. Em projetos de mais longo prazo, até, no limite, como projetos de vida, ou o que ele apelida de Life Themes (temas de vida). 

A maioria das pessoas se dedica a um Life Theme que é o que ele apelida de apresentado. Apresentado pela sociedade, pela nossa cultura. São objetivos como ter uma casa, formar uma família, ter um carro, uma vida confortável. O autor acredita que este tipo de tema tem suas limitações em oferecer uma vida recompensadora. Uma vez atingidos estes objetivos, pode-se perder o senso de desafio e propósito e consequentemente de satisfação.

Outro tipo de “tema” é o que ele chama de descobertos. Em alguns casos descobertos por acontecimentos relevantes em nossas vidas, positivos ou negativos (em muitos casos tragédias) que nos dão um senso de propósito diferente do padrão apresentado pela sociedade e muitas vezes muito mais poderoso.

Dentre todos os livros que falam sobre flow, certamente recomendo a leitura deste que nos ajuda a enxergar de forma mais prática um tema tão complexo e intangível, mas que pode mudar as nossas vidas se conseguirmos aplicar o que o autor propõe em tantas esferas.

Publicado por Fernando Taliberti

Sou um empreendedor, entusiasta de inovação e tecnologia, maníaco por livros de negócios. Adoro absorver conhecimento e usar ele para construir o novo, mas também para compartilhar escrevendo e palestrando.

Um comentário em “Flow, o livro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: